A Beleza Interior – por Madre Teresa de Calcutá

Lembre-se sempre de que a pele enruga, os cabelos se tornam brancos, os dias se convertem em anos… Mas o importante não muda: sua força interior e sua convicção não têm idade.

Seu espírito é o espanador de qualquer teia de aranha. Depois da linha de chegada, há uma de partida. Depois de cada êxito, há outro desafio. Enquanto estiver viva, sinta-se viva. Se sente falta do que fazia, volte a fazê-lo. Não viva de fotos amarelas…

Continue, mesmo que todos esperem que abandone. Não deixe que se oxide o ferro que há em você. Faça com que em vez de pena, lhe tenham respeito. Quando, por causa dos anos, não puder correr, trote. Quando não puder trotar, caminhe. Quando não puder caminhar, use a bengala. Mas nunca se detenha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: